Saúde Feminina – Os Principais Cuidados

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Saúde Feminina - Os principais cuidados

Os cuidados e a atenção especial com a saúde feminina tornaram-se políticas públicas nacionais apenas no início do século XX. Anteriormente, quando o assunto era o bem-estar das mulheres, as ações eram específicas para os assuntos de gestação e partos. Dos anos 50 em diante, cada vez mais essa temática foi consolidando sua importância. 

Planejamento familiar, combate à desnutrição, direitos sexuais e reprodutivos, além de outras questões fora do espectro materno-infantil, como o rastreio de enfermidades estritamente femininas (câncer de mama e de colo do útero, por exemplo) ganharam cada vez mais notoriedade e tornaram-se objetos de pesquisa. O debate sobre liberdade e autonomia sobre o corpo também apresentou uma crescente mais que necessária.

Para poder apoiar as mulheres, grupo que corresponde a 51,5 % da população brasileira, elencamos algumas dicas de hábitos e cuidados indispensáveis para a saúde feminina. 

Fique atenta e valorize sua alimentação

É evidente que essa recomendação serve para todas as pessoas, independente do gênero. Porém, como o organismo feminino acumula gordura em determinadas regiões, além do efeito estético, a dieta balanceada auxilia no controle dos níveis de colesterol, por exemplo. Tenha em mente que todo o corpo se beneficia de uma boa alimentação.

Tenha uma rotina de atividades físicas

Essa é a melhor maneira de privilegiar o seu bem-estar físico e não há necessidade de exageros. A recomendação da Organização Mundial da Saúde (OMS) explica que 30 minutos de atividade moderada, 5 vezes por semana, torna seu corpo melhor condicionado e saudável, espantando o sedentarismo.

Faça as consultas médicas periodicamente

Ir aos médicos especializados em saúde feminina não deve ser algo feito apenas por causa dos exames de rotina. Ao menor sinal desconfortável emitido pelo organismo, é muito importante marcar uma consulta para investigar a causa.

Os profissionais da saúde estão aí para ajudar e orientar as pacientes com as muitas dúvidas que podem surgir.

Realize os exames de rotina

Os famosos check-ups são aliados inestimáveis para o diagnóstico precoce de possíveis doenças.


Pelo menos uma vez por ano você deve realizar exames preventivos fundamentais, como o papanicolau e a mamografia. Converse com seu médico de confiança para estabelecer a frequência ideal dos seus exames de rotina.

Atenção com a higiene íntima

Esse aspecto não pode ser negligenciado. É imprescindível ter uma boa higiene da região íntima para evitar uma série de infecções e desconfortos.


Evite o uso de produtos inapropriados para o local e não faça limpezas agressivas. Hábitos também devem ser observados: não fique com biquíni ou calcinha molhados por muito tempo, evite roupas apertadas e não compartilhe objetos pessoais que entrem em contato com a região íntima.

Cuide da saúde mental

É importante compreender que a saúde não está limitada somente ao aspecto físico. Dê atenção para a saúde mental e fique atenta aos menores sinais de estresse, ansiedade e depressão. Cuidar dessa parte da saúde é indispensável para usufruir do bem-estar completo do corpo.

Prevenção contra Infecções Sexualmente Transmissíveis

Essa dica é para as mulheres que têm vida sexual ativa. Escolha com prudência e assertividade os métodos contraceptivos e de prevenção de infecções sexualmente transmissíveis (ISTs)

O preservativo é, indiscutivelmente, o método preventivo de ISTs mais seguro. Faça testes sorológicos com frequência.

Lembre-se: a sua saúde deve ser prioridade para você.