A Recuperação Após Videolaparoscopia

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Recuperação Após Videolaparoscopia

A técnica que realiza diagnósticos e cirurgias é uma grande aliada da ginecologia minimamente invasiva.

A videolaparoscopia é um procedimento minimamente invasivo que possibilita tratar diferentes enfermidades. Para as mulheres que sofrem de endometriose e enfrentam seus incômodos sintomas, essa técnica representa uma significativa opção de abordagem do problema.

Geralmente a cirurgia videolaparoscópica é indicada para pacientes que não alcançaram melhora considerável após tratamentos com medicação hormonal. É bastante útil para localizar e eliminar os pedaços do endométrio que teimam em se alojar pelo organismo da mulher ao invés de serem expelidos pela menstruação.

A realização da cirurgia, necessariamente, deve ocorrer em ambiente hospitalar com a paciente sob efeito de anestesia geral. Entretanto, tais procedimentos tendem a ter uma duração menor se comparados com cirurgias tradicionais, mais invasivas.

O procedimento

É pela região abdominal que tem início a videolaparoscopia. A partir de pequenas incisões, são inseridos instrumentais cirúrgicos aptos a cauterizar as lesões mapeadas pela equipe médica com auxílio de uma microcâmera.

Pelo caráter minimamente invasivo da técnica, a internação da paciente não costuma ultrapassar um período de 24 horas.

A Recuperação

Nos 30 dias que sucedem uma videolaparoscopia é importante que a paciente tome alguns cuidados:

  • não fazer exercício físicos
  • se abster das relações sexuais
  • não realizar trabalhos domésticos

Recomenda-se pequenas e leves caminhadas entre um período de repouso e outro. Essas movimentações amenas são cruciais para a circulação sanguínea, que estimula a cicatrização, e para expelir os gases que costumam ficar acumulados na região abdominal após esse tipo de intervenção cirúrgica.

Apesar das incisões serem pequenas, tecidos são extraídos dos órgãos atingidos pelas lesões, que precisam cicatrizar de maneira correta para um resultado satisfatório. As complicações decorrentes de videolaparoscopias, na maioria dos casos, resultam de repousos insuficientes.

Converse com seu médico e informe-se. Não se esqueça: o resultado satisfatório de uma videolaparoscopia também depende de você.