Exercícios físicos e endometriose

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Exercícios físicos e endometriose

É fato que exercícios físicos são essenciais para que se tenha uma boa qualidade de vida. Até aí, nenhuma novidade. Entretanto, pesquisas apontam a importância que a prática regular de atividades físicas tem para mulheres com algum tipo de endometriose.

O efeito vasodilatador e analgésico que a endorfina proporciona ao ser liberada no organismo quando exercícios aeróbicos são feitos é indiscutivelmente benéfico. Praticar caminhada, corrida, pedalar ou nadar de três a quatro vezes por semana, durante 30 ou 40 minutos auxilia no controle dos sintomas da endometriose e, inclusive, pode ajudar na prevenção da doença.

Isso acontece devido ao resultado que a atividade física proporciona ao corpo humano. O metabolismo acelera, o sistema imunológico fica mais forte e os níveis de estrogênio tendem a ser regulados. É esse o efeito principal dos exercícios físicos para desacelerar ou mesmo inibir o desenvolvimento da endometriose, afinal o estrogênio é o hormônio responsável, entre outras coisas, pelo crescimento do endométrio.

Porém, antes de começar a se exercitar é importante fazer uma visita ao médico para que sejam feitas as avaliações físicas e os acompanhamentos necessários para que não haja nenhum prejuízo à saúde.

A Clínica Ayroza Ribeiro está aqui para oferecer todo suporte necessário. Agende sua consulta com a gente.