Endometriose no Nervo Ciático

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Endometriose no Nervo Ciático

Endometriose no nervo ciático é uma condição rara. Todavia, ela causa muito incômodo nas pacientes e pode gerar alguns problemas de mobilidade. Neste artigo iremos apresentar as características gerais dos sintomas e os possíveis tratamentos para a doença.

Os Principais Sintomas:

Os sintomas mais recorrentes da endometriose no nervo ciático costumam ser semelhantes àqueles causados por problemas ortopédicos na coluna.

A grande diferença é que no caso da endometriose, quando está na fase inicial, as dores surgem junto com a menstruação e perduram por alguns dias depois do fim do ciclo.

Conforme a doença progride, a dor tende a ser constante e, na maioria das vezes, muito intensa.

Entre os sintomas mais recorrentes da endometriose no nervo ciático, podemos citar:

É possível que ocorra também sintomas da endometriose profunda quando instalada na pelve. São eles:

  • Cólicas severas e incapacitantes;
  • Dor ao urinar durante a menstruação;
  • Constipação ou diarreia;
  • Dor durante o contato íntimo (dispareunia);
  • Infertilidade.

Atenção: dores lombares ou no sacro são típicas da endometriose profunda e, na grande maioria dos casos, não estão relacionadas com a endometriose no nervo ciático.

O Diagnóstico da Endometriose no Nervo Ciático

É fundamental que o diagnóstico da doença seja realizado o mais rápido possível. Afinal, o diagnóstico precoce resulta em tratamentos mais bem sucedidos, além de poupar as pacientes de longos períodos de dores e possíveis danos neurológicos.

Realizar os exames clínicos e complementares é a melhor forma de avaliar qual é a gravidade do problema e a melhor forma de abordá-lo.

  • Teste de Elevação da Perna Estendida (TEPE)

Nesse tipo de exame deve-se elevar a perna da paciente de forma passiva entre 30º e 60º para compreender melhor como a dor se apresenta.

  • Ressonância Magnética


Entre os exames complementares, a ressonância magnética é o mais eficaz para confirmar o diagnóstico de endometriose no nervo ciático.

O Tratamento

Existem dois tipos de tratamento para endometriose no nervo ciático, o medicamentoso e o cirúrgico.

  • Tratamento Medicamentoso

A depender da condição da paciente, é possível optar pelo tratamento com hormônios e outros medicamentos. 

Entre os principais medicamentos prescritos, podemos citar:

  • Análogos de GNRH (hormônio liberador de gonadotrofina);
  • Implantes e injeções hormonais;
  • Opióides e anti-inflamatórios;
  • DIU hormonal.
  • Tratamento Cirúrgico

A cirurgia é o tipo de tratamento mais indicado quando a paciente apresenta sintomas muito intensos que não melhoram com os medicamentos prescritos e quando não há danos neurológicos significativos.

Quando há danos neurológicos significativos, a cirurgia apresenta alguns riscos na piora dos sintomas como, dificuldade ao andar, perda de força e pé caído. 

Por isso, é muito importante avaliar os riscos dos tratamentos junto ao profissional da saúde de sua confiança e, caso a cirurgia seja realizada, é indispensável iniciar a fisioterapia pós-operatória o mais rápido possível.

Ao sentir desconfortos relacionados aos sintomas citados anteriormente, não hesite em buscar auxílio médico. 

Comparecer às consultas de rotina também é fundamental para que diagnósticos precoces sejam feitos.

Cuide da sua saúde, pois ela é muito preciosa.

A Clínica Ayroza Ribeiro está sempre à disposição.