A Importância do Sono para a Saúde

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
A Importância do Sono para a Saúde

Neste artigo explicaremos, com auxílio de alguns estudos divulgados, a importância do sono para o organismo.

Descansar é essencial para o funcionamento do corpo humano. As tarefas complexas que nossos órgãos e células realizam exigem muita energia, que precisa ser reposta pela alimentação e pelo sono.

É enquanto dormimos que o corpo regula o sistema neurológico, endócrino e imunológico, além de tantas outras atividades fundamentais para nossa saúde.

Os benefícios de uma boa noite de sono

Confira como uma rotina saudável de sono colabora para promover sensação de bem-estar, aumentar a qualidade de vida e proteger a saúde.

Diabetes: Dormir mal é um dos fatores responsáveis por aumentar a resistência do corpo à insulina, o que torna ainda mais difícil manter a doença sob controle.

Pesquisadores da Northwestern University, nos Estados Unidos, divulgaram um estudo em que apontam o seguinte dado: 82% dos pacientes diabéticos que tiveram o sono monitorado e que apresentaram problemas para dormir, manifestaram resistência à insulina.

Obesidade: Quando dormimos, nosso corpo começa a produzir leptina, hormônio responsável por gerar a sensação de saciedade.

Indivíduos acometidos por insônia e apneia do sono costumam sentir mais vontade de comer do que pessoas com ciclos satisfatórios de sono em decorrência da falta desse hormônio.

Outro aspecto interessante é que enquanto dormimos, também ocorre queima de calorias. Pessoas que dormem menos de 8 horas por dia sofrem uma redução de até 55% nesse consumo calórico.

Memória: Dormir bem é uma ótima forma de absorver as informações recebidas ao longo do dia.

Cientistas da Universidade de Lubeck, na Alemanha, divulgaram um estudo na Nature Neuroscience, onde afirmam que durante as horas de sono são produzidas proteínas encarregadas pelas conexões neurais, essenciais para a memória e aprendizado.

Depressão: Dormir menos de seis horas por dia aumenta as chances de desenvolver depressão, conforme artigo publicado pelo Cleveland Clinic Sleep Disorders Center, instituição estadunidense especializada em distúrbios do sono.

Os pesquisadores apontaram que indivíduos que dormem entre 6 e 9 horas têm mais disposição e qualidade de vida.

Por isso, deixamos aqui uma recomendação: caso sinta qualquer dificuldade para pegar no sono, marque uma consulta com especialistas em que você confie.

A Clínica Ayroza Ribeiro está sempre de portas abertas!

Dormir bem é viver melhor!